As suas aplicações na Monetus tem um Planejamento. Esse planejamento estabelece como são realizadas suas aplicações. Isso refere-se às porcentagens investidas em renda variável, no Fundo de Ações, e renda fixa de liquidez diária ou maiores prazos.

Você pode alterar o seu plano de investimentos a qualquer momento, modificando as proporções de investimento em renda fixa e variável. Após entender o funcionamento do seu plano de investimentos, fica mais fácil entender novas aplicações e rebalanceamento.

Quando eu altero o planejamento

Quando você altera o formato do seu planejamento na plataforma, isso não modifica automaticamente as aplicações que você já tem. Não serão feitos resgates para rebalanceamento da sua carteira de acordo com o novo plano. Por quê? Isso incorre em custos de pagamentos de impostos retidos na fonte e fazer isso constantemente é pouco interessante para você, cliente.

Uma nova aplicação

Fazemos as alocações de acordo com as informações que temos no momento em que reconhecemos uma nova transferência realizada por você. Uma nova aplicação será distribuída com base no planejamento que estiver vigente.

Rebalanceamento

Então se uma mudança de plano não altera o que eu já tenho aplicado, como são realizados os rebalanceamentos?

Quando a carteira de ações se valoriza/desvaloriza muito, isso altera a proporção dos seus investimentos. Quando você realiza um resgate de renda fixa, por exemplo, isso também altera a composição da carteira. Quando isso acontece, sua carteira fica "desbalanceada". O rebalanceamento ocorre toda vez que você faz uma nova aplicação. E a melhor forma para você entender vai ser através de um exemplo:

Você tem $10.000 aplicados. Seu planejamento está configurado para ter 80% das aplicações em renda fixa, e 20% em renda variável. Dessa forma, você tem $8.000 em renda fixa e $2.000 em renda variável.

Após 3 meses, aconteceram três coisas:

  • Você realizou um resgate de $3.000 da parcela de renda fixa;
  • Suas aplicações em renda fixa renderam $150;
  • Suas aplicações em renda variável renderam $400;

Sua carteira agora tem $5.150 em renda fixa, e $2.400 em renda variável. Isso significa que 68,2% da carteira está em renda fixa e 31,8% em renda variável. 

Quando você realiza uma nova aplicação de $3.000, então, a distribuição deste investimento buscará retornar sua carteira o mais próximo possível do seu planejamento inicial, com 80% de renda fixa e 20% em renda variável. Nessa condição, o investimento seria realizado integralmente em renda fixa. Assim, você teria $8.150 aplicados em renda fixa (77,25%) e $2.400 aplicados em renda variável (22,75%).

O processo irá se repetir. Então se você modifica o plano, a nova aplicação irá buscar rebalancear seus investimentos. Ficou claro?

Encontrou sua resposta?